Vol. 12 Núm. 1 (2019): Dossier: Violencia política, desaparición forzada y memoria.
Dossier: Violencia política, desaparición forzada y memoria

Traços míticos de um luto sem vestígios

Marcha del silencio 2016 (foto: Sandra Pintos Llovet)

Publicado 2021-04-23

Palabras clave

  • Rafael Gallo, Rebentar, romance brasileiro contemporâneo, mito

Resumen

Rebentar -romance de Rafael Gallo- reconstrói uma tragédia contemporânea: a do desaparecimento de um menino em uma cidade brasileira e a da necessária mudança de atitude para os que ficam. Na proposta do autor paulista, porém, chamam a atenção tanto o tema (pouco comum na ficção brasileira contemporânea) como o tempo que leva a protagonista para processar o trauma e retomar o controle da própria vida. A partir de algumas ideias de Joseph Campbell, Mircea Eliade, Vladimir Grigorieff, Roland Barthes e Albert Camus, este artigo se propõe entender alguns traços da dimensão mítica contida na obra que este autor, nascido em 1981, dedica à figura da mãe.